Mensagens do blog por Business Education

Todo o mundo

Cerca de 18 mil novas vagas de emprego devem ser geradas pelos restaurantes do McDonald's no Brasil em 2019. Otimista com a recuperação do consumo, o presidente da Divisão Brasil da Arcos Dorados, Paulo Camargo, afirma que a meta é atingir o maior ritmo de expansão da rede desde o início da crise econômica brasileira.


Para o McDonald’s, o treinamento de seus funcionários é levado muito a sério. Todas as pessoas que entram na empresa passam pelo menos uma vez por todas as tarefas em um restaurante e até o presidente aprende a montar um Big Mac.


Como parte de seus objetivos, o McDonald's disponibilizará seus módulos de treinamento FRED e Campus Virtual para novos franqueados, cuja grande maioria abrirá na China. Rob Lauber, CLO do McDonalds, diz que os donos de franquias ainda seriam responsáveis ​​por treinar seus próprios funcionários.


Os módulos de treinamento são breves e fáceis de entender, combinando experiência prática com aprendizado virtual que imita o ambiente de um típico trabalhador de fast food. Os proprietários de franquias também podem acompanhar o progresso dos trabalhadores durante o treinamento.


Além disso, com a mudança de processos internos e até de gerações, a rede de fast food precisou adaptar o método de aprendizagem dos funcionários. O tablet entrou em cena para ajudar a assimilar melhor cada etapa do processo. Em uso há três meses, a tecnologia cortou pela metade o tempo total de treinamento.


O aparelho traz vídeos e jogos em que o funcionário deve montar o hambúrguer perfeito, indicando ao final onde ele acertou ou errou. Só depois de acertar a preparação virtual é que ele irá para a chapa.


“Dessa forma, atraímos o funcionário da nova geração, que costuma aprender com tutoriais no YouTube”, afirmou Camila Neris, gerente de treinamento, durante o evento Portas Abertas.


O treinamento dura de 8 a 19 semanas, dependendo se o restaurante possui McCafé ou DriveThru, o que aumenta o tempo. 


A inclusão do tablet não é a única mudança digital feita na companhia. A rede pretende incluir totens de atendimento automático ou a possibilidade de fazer pedidos pelo celular no ano que vem, afirmou Paulo Camargo, presidente da Divisão Brasil da Arcos Dorados, empresa que opera os restaurantes McDonald’s em toda a América Latina. 


From Exame online

[ Modificado: terça, 9 Abr 2019, 13:37 ]